PEPE

Irmâ Raquel apresentando alunos do PEPE

O PROPOSITO DO PEPE

Ser um programa de apoio ao desenvolvimento da criança em família na comunidade, auxiliando no processo de preparação da criança para o infresso no ensino na escola formal e no período introdutório de uma nova etapa na vida da criança, ou seja a fase de escolarização.
PEPE – Programa de Ensino dos princípios do Evangelho não é só um lugar onde os pais podem deixar seus filhos em segurança, mas, também onde eles vão adquirir a aprimorar os tré-requisito para um bom desempenho e acompanhamento do processo de ensino bem como o processo de socialização e cidadania.

OBJETIVO DO PROGRAMA PEPE

PARA AS CRIANÇAS -Capacitar as crianças menos favorecida a proseguir seus estudos com auto-estima, preparo educacional e com experiencia espiritual, para alcançar seu potencial diante da sociedade e diante de Deus.

PARA OS PAIS – Estimular os pais a participarem na experiência enriquecedora de seus filhos tanto no sócio-educacional como no espiritual.

PARA A COMUNIDADE – Levar a comunidade a compreender o valor sócio-educacional e espiritual do PEPE . Buscar outros programas de benefícios comunitários, tendo a igreja como aliada.

PARA A IGREJA LOCAL – Mobilizar a Igreja para expressar sua fé em palavra e ação

PARA OS MISSIONÁRIOS FACILITADORES – Oferecer condições para o desenvolvimento de sua vida espiritual e vocacional.

O PEPE Network é um programa socioeducativo promovido pela Junta de Missões Mundiais (JMM) da Convenção Batista Brasileira (CBB). Trata-se de um programa missionário, socioeducativo, adotado por igrejas locais que desejam causar impacto nas comunidades empobrecidas, demonstrando o amor em ação e o poder do evangelho, a partir do atendimento de crianças na faixa etária pré-escolar e acompanhamento de suas famílias.

Coordenado pela missionária Terezinha Candieiro que conta com o apoio de coordenadores regionais nos países onde estão inseridos. Segundo o relatório quadrimestral de Missões Mundiais (outubro de 2011 a janeiro de 2012), apresentado pela coordenadora do PEPE ao Conselho da CBB, as 231 unidades existentes atenderam, naquele período, 7.150 crianças em 20 países da América, Ásia e África. Foram visitadas 5.338 famílias e aconteceram 765 decisões ao lado de Cristo.

Mas a grande procura pelo PEPE acontece no continente africano, onde funcionam apenas 71 unidades do programa que, naquele quadrimestre, atenderam 3.459 crianças. O programa tem abençoado famílias inteiras na África do Sul, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Conacri, Mali, Moçambique, Senegal, Serra Leoa e em duas unidades no Oriente Médio.

Alguns destaques
Na África do Sul a primeira unidade foi aberta por uma igreja evangélica no ano passado. Atualmente a coordenadora nacional investe seus esforços no sentido de divulgar o programa junto a liderança da Convenção Batista como também o tem apresentado a autoridades do departamento social local. Foi realizada a primeira cerimônia de formatura de crianças do PEPE e há boas perspectivas de expansão com a abertura de novas unidades.

Uma igreja foi iniciada numa região muçulmana a partir de uma unidade do PEPE em Moçambique, onde o trabalho continua crescendo e se fortalecendo. Também em São Tomé e Príncipe o programa tem avançado e recebido ajuda inclusive do governo que tem provido materiais escolares e ajuda para a melhoria das instalações para as crianças. Como fruto do trabalho do PEPE com as crianças e suas famílias sete pessoas foram batizadas.

O trabalho continua firme em Guiné-Bissau, e muitas aldeias desejam implantar o programa. As crianças já beneficiadas, nas unidades existentes, estão muito felizes e suas famílias satisfeitas com os serviços prestados pelo programa. Em Guiné Conacri o programa se desenvolve com expansão e investimento na construção de salas para as atividades com as crianças. Com o apoio de igrejas irmãs, graças a Deus, os recursos têm sido levantados. As comunidades são muçulmanas e o impacto provocado pelo ensino de qualidade no PEPE tem sido um bom testemunho do povo cristão.

No Mali o PEPE tem se desenvolvido com o apoio da Secretaria de Educação. Graças a Deus, os recursos para a construção de salas foram levantados. A comunidade reconhece e agradece o trabalho dos missionários e da igreja. A coordenadora vê novas perspectivas de expansão e abertura de novas unidades, em especial na capital, Bamaco.

No Senegal já são três unidades e o trabalho ganha força e se expande. Isso representa uma grande vitória, pois os PEPEs estão inseridos em um contexto muçulmano. Destacamos a iniciativa e o trabalho piloto de uma unidade que se desenvolve com um grupo de crianças surdas, o que contribui para um maior impacto no contexto.

Também no Oriente Médio o PEPE continua sendo desenvolvido e tem abençoado as crianças matriculadas, embora haja necessidade de recursos financeiros e materiais. “As carências no Oriente Médio são muitas e as famílias que são atendidas pelo programa estão agradecidas por esta demonstração de amor dos crentes brasileiros. Louvo e agradeço a Deus por nossas igrejas e crentes que têm sustentado esse trabalho com suas orações e ofertas de amor”, finaliza a missionária Terezinha Candieiro.

Para conhecer nosso trabalho ao redor do mundo basta entra no site do programa missionário:

http://www.pepe-network.org/